• Portal Vale dos Pireneus

No primeiro dia de reabertura, os bares e restaurantes de Goiânia têm bastante movimentação

Após fechado por quase quatro meses, o Setor retomou as operações. A reabertura exige protocolos rígidos de saúde e segurança para impedir a propagação do coronavírus.



Fonte: Reprodução/TV Anhanguera

Os bares e restaurantes que reabriram nesta terça-feira (14) são bastante frquentados em Goiânia. Depois de fechado por quase quatro meses, o comércio retomou o trabalho de acordo com regras específicas para evitar a contaminação por coronavírus. A Associação Brasileira de Bar e Restaurante em Goiás (ABRASEL) acredita que o número de clientes no primeiro dia é satisfatório.


Como protocolo de segurança os bares devem limitar o número de clientes à metade da capacidade total. A distância mínima entre as mesas é de 2 metros e os regulamentos de higiene devem ser reforçados. Em alguns comércio, forão adotados o cardápio digital. O horário de funcionamento de cada comércio é livre, mas todos devem estar fechados até meia-noite. Em outro restaurante, as precauções de todas as disposições do decreto devem ser observadas. Os condimentos fornecidos aos clientes são personalizados e os utensílios de mesa e guardanapos são entregues em embalagens seladas.


A avaliação da reabertura dos bares e restaurantes foi bastante positiva, tanto pelos comerciantes tanto pelo presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes em Goiás (Abrasel), Fernando de Oliveira Jorge. Os bares que reabriram tiveram uma boa demanda de clientes. Alguns tiveram algumas filazinhas de espera, mas tudo com muita passividade e respeito. Acredito que a avaliação é muito positiva”, disse.


Decreto de Reabertura

Na segunda-feira (13), foi emitido um decreto que permitiu a reabertura geral dos comércios em Goiânia, seguindo o mesmo modelo das regulamentações estaduais. O horário comercial de cada setor é diferente.


A cidade de Goiânia informou que as inspeções de shopping centers, bares e restaurantes na quarta-feira (15) começarão a verificar o cumprimento dos requisitos do decreto. Em caso de desrespeito, a multa é de R $ 4,7 mil.



SIGA A GENTE EM NOSSO INSTAGRAM:

@portalvaledospireneus








Quer ser um parceiro do nosso portal?

entre em contato conosco via e-mail:

portalvaledospireneus@gmail.com

158 visualizações0 comentário