• Portal Vale dos Pireneus

Estudantes Fies já podem suspender parcelas




Os estudantes que contratam Financiamento Estudantil (Fies) por meio do Banco do Brasil (BB) ou da Caixa Econômica Federal podem solicitar que os pagamentos sejam suspensos por até quatro períodos. Ele pode ser exibido no aplicativo do BB ou no site de financiamento da Caixa. A medida se aplica ao cliente em situação de adimplência, ou seja, antes do dia 20 de março, data do decreto de estado de calamidade pública no país.

A opção de suspensão pode ser selecionada através do aplicativo BB. Para fazer isso, os clientes precisam acessar sua conta (login), clicar no menu, clicar em "Solução de dívida" e selecionar "Suspender FIES".

Para a Caixa, os alunos precisam apenas visitar a página, fazer login e acessar o contrato FIES, opções de contrato e optar por suspender o contrato, aceitar o período de compromisso e clicar em Solicitar para suspender.

O BB afirmou que o pedido será executado de maneira simples, sem a necessidade de assinar um termo aditivo, ou que existe fiador em qualquer agência bancária. No entanto, o consentimento da ciência e do aluno às condições de paralisação e, portanto, o conteúdo do contrato de financiamento é obrigatório. Se os alunos não puderem usar seus telefones celulares, poderão solicitar uma suspensão na agência do BB. O BB afirmou que, para a assistência presencial, devem ser seguidas as medidas de emergência adotadas pelo sistema bancário devido à nova pandemia de corona vírus e as recomendações da Organização Mundial da Saúde.

Condições


As condições para a suspensão estão de acordo com a Lei nº 13998/2020 e a Resolução nº 38/2020, emitida pelo Ministério da Educação em maio. De acordo com os regulamentos atuais, o aplicativo pode cobrir até quatro períodos, cumprindo a fase de contrato de cada aluno, de acordo com a legislação vigente:

-Contratos em uso ou período de carência: a suspensão do pagamento é dividida em dois períodos, no máximo, de acordo com os termos e condições do contrato, esse valor será incluído no saldo remanescente do contrato de estudante financiado. Esta medida é válida para o contrato formalmente assinado até o segundo semestre de 2017. -Contratos na fase de amortização: a suspensão do pagamento é dividida em quatro períodos, no máximo, de acordo com os termos e condições do contrato, esse valor será incluído no saldo devedor do contrato de estudante financiado. Nesse caso, a parcela suspensa será adicionada ao período final do contrato. Espera-se que as parcelas suspensas sejam cobradas com juros do contrato, que serão incluídas no saldo pendente do contrato do aluno. O período de registro para o cumprimento das novas condições é até 31 de dezembro deste ano.

Em caso de dúvida, além do WhatsApp (61) 4004-0001, BB Service Center (0800-729-0001) e da Internet, eles também podem acessar as soluções digitais do BB, como aplicativos BB (smartphones) e portais. (Facebook, Instagram, Twitter e Linkedin).

Para a Caixa, os alunos podem acessar a página da web www.caixa.gov.br/fies ou ligar para o Capital Center e outros call centers regionais 3004-1104 no número 0800 726 0104.


23 visualizações0 comentário