• Portal Vale dos Pireneus

Em Rio Verde, homem inventou que matou 2 assaltantes e mobiliza polícia, IML e bombeiros à toa

Homem que é caseiro de uma fazenda se entregou a Pólicia Cívil alegando que havia matado duas pessoas e jogados os corpos em rio na zona rual de Rio Verde


Um caseiro de uma fazenda, que não foi identificado pediu ajuda à polícia, dizendo que havia matado duas pessoas e que jogou os corpos em um rio no interior de Rio Verde. No entanto, alguns dias depois, a investigação revelou que o homem havia inventado a história inteira, e então ele confessou à polícia que mentiu para criar uma história de "bravura".


A falsa denúncia mobilizou cerca de 20 pessoas, entre policiais militares e civis, bombeiros e peritos criminais, que investigaram os duplos homicídios não ocorridos. O delegado responsável pelo caso, Danilo Fabiano, disse que o homem denunciou o falso crime no sábado (12).


“Ele ligou para a Patrulha Rural responsável pela região contando que criminosos teriam ido tentar assaltar a fazenda, que ele trocou tiros com eles, matou dois e jogou os corpos no rio. No dia, apresentou uma espingarda que ele disse ter usado no crime e ficou preso por posse ilegal de arma de fogo”, afirmou.


No entanto, ele pagou fiança de 3 mil reais fixada pela justiça pelo crime de posse ilegal de arma de fogo e foi solto para responder em liberdade.


Fonte: G1

1 visualização0 comentário